Tecnologia humanizada no mercado imobiliário: conheça o trabalho da CrediHome

É fato que o mundo vem passando por diversas transformações digitais e, para acompanhá-las, empresas têm modificado seu modo de lidar com clientes e colaboradores. Assim, os negócios são concretizados e o tempo é melhor aproveitado.

Entretanto, o mundo não é nada se não considerarmos as pessoas. Por essa razão, surgiu a tecnologia humanizada, que leva em conta as necessidades da sociedade, em relação a corpo e mente em primeiro lugar.

Ressalta-se que o tema é complexo, mas de extrema importância, principalmente no mercado imobiliário, que precisa relevar sempre os sonhos de clientes e corretores, equilibrando suas vontades.

Quer entender sobre a tecnologia humanizada no setor de imóveis? Fique conosco e veja mais!

A tecnologia humanizada

A tecnologia humanizada é a nova tendência do mundo moderno. Ela objetiva atender mais do que os desejos do consumidor, também foca nas suas necessidades como ser humano, o qual busca cada vez mais o seu propósito de vida.

Por outro lado, é evidente que o comportamento social foi alterado por causa da tecnologia. Essa nova postura modificou a tecnologia, a qual visa promover o bem-estar profissional e pessoal dos indivíduos.

Contudo, implantar tal modelo de tecnologia não é tarefa fácil, já que encontra resistência de pessoas mais experientes, em especial quanto à sua profissão. Entenda como a tecnologia humanizada pode ser implementada no mercado imobiliário.

Humanização e tecnologia

A noção de um mercado imobiliário inflexível, que segue a fórmula simples de apresentação de imóveis, fechamento de contrato e pagamento de comissão, está acabando e vai sumir. Isso porque a gestão tem sido mais humanizada, assim ela vem aumentando o lucro dos corretores e imobiliárias.

A humanização da tecnologia proporciona a satisfação dos clientes com seus imóveis e dos profissionais imobiliários, por aumentar o seu bem-estar. Os trabalhadores da área se sentem mais valorizados e engajam-se no trabalho, pois não precisam realizar tarefas dispensáveis, revolucionando sua atividade.

Nesse ponto, a liderança é primordial. Quanto mais confiante e forte, maior a possibilidade de mudança e implantação tecnológica, resultado do processo de alteração mental de todos os corretores da imobiliária.

Melhores escolhas sobre o sistema analítico

A tecnologia humanizada abrange os sistemas analíticos, que averiguam os dados sobre clientes e o mercado, utilizando esse conteúdo de maneira segura e responsável. Essas análises são feitas para permitir boas escolhas, pautando-se nas informações recolhidas e interpretadas pela imobiliária.

No processo de entender o que é melhor, é necessário unir a percepção humana com as soluções tecnológicas. A tecnologia apresenta a informação, a pessoa atribui a relevância a certo assunto, que pode ser trabalhado e render lucro ou reter colaboradores.

Dessa forma, as decisões tomadas estarão mais seguras, fundamentadas em informações concretas, diminuindo os riscos nas negociações imobiliárias e apresentando um serviço de qualidade e personalizado aos seus clientes.

Evolução tecnológica e humana

A tecnologia avança dia após dia. No entanto, as pessoas também estão evoluindo, transformando seus pensamentos, organização e comportamentos. Logo, os meios digitais vão sendo modificados para garantir um estilo de vida saudável.

É evidente que a tecnologia humanizada não deve ser focada apenas em obter resultados, mas sim em contribuir para que a humanidade cumpra seus anseios, de modo sustentável.

CrediHome e a tecnologia humanizada

Aproveitando-se da tecnologia humanizada, empresas vêm a empregando para assegurar o conforto e a manutenção de seus colaboradores. No mercado imobiliário não é diferente, pois manter profissionais qualificados na equipe pode ser o diferencial frente aos concorrentes.

Dentre essas empresas, está a CrediHome, uma fintech que aderiu a essa nova realidade, seja no seu relacionamento com os clientes, seja na gestão de seus colaboradores. Quer saber por quê? Veja a seguir!

Cultura horizontal

Também conhecida como gestão horizontal, essa cultura empresarial não se baseia em sistemas hierárquicos, com um gestor considerado chefe, responsável por fiscalizar os colaboradores e demonstrar poder.

Agora, há uma nova maneira de gerir as relações entre os colaboradores, com responsabilidade dividida e mais autonomia. Logo, seus profissionais vão ser ouvidos e têm liberdade para se posicionarem da forma desejada.

A cultura horizontal permite tomadas de decisão mais democráticas e acertadas no ambiente interno das equipes. Os trabalhos apresentam mais engajamento e qualidade, sendo desenvolvidos com agilidade para realizar os sonhos dos clientes.

CEO acessível

Ser CEO de uma empresa é o sonho de muitas pessoas, em especial daquelas que atuam como administrador. O grande problema é que, alcançada a posição, muitos diretores executivos se isolam e deixam de ouvir clientes e colaboradores. Esse comportamento é cada vez mais natural.

Felizmente, essa não é a realidade da CrediHome. O CEO, Bruno Gama, é acessível e disposto a resolver os problemas de seus clientes, pois o foco é resolver suas necessidades. Isso se deve à sua história, voltada à inovação focada nos consumidores.

Bruno iniciou sua carreira na Credicard, onde atuou por 6 anos. Após, viveu uma experiência de 8 anos em uma empresa de Telecomunicações em São Paulo, participando da implantação da banda larga.

Já nos últimos 10 anos, trabalhou no mercado imobiliário como CEO/Managing Director em uma joint Venture, quando saiu para criar a CrediHome e resolver os problemas de financiamento dos clientes.

Meritocracia e reconhecimento interno dos funcionários

A CrediHome é uma empresa que se preocupa com seu pessoal. Então, desenvolveu um sistema de meritocracia, em que os colaboradores são premiados pelos resultados de suas ações. Isso acontece com a organização de planos de cargos, planos de salário e remuneração variável.

Desse modo, é reconhecido o empenho diário dos colaboradores, com avaliações constantes, que ganham importância com a análise de mérito, assim como premiações, dentre elas a promoção na carreira.

Diante disso, é claro que a tecnologia humanizada é primordial no desenvolvimento pessoal da sociedade, privilegiando seu bem-estar profissional e realizando seus desejos de forma saudável. Ela se aplica no mercado imobiliário, humanizando a relação da imobiliária com seus clientes, bem como com seus profissionais. No setor de imóveis, destaca-se a CrediHome, plataforma digital que oferece financiamento facilitado e usa a tecnologia humanizada na sua relação com os clientes e colaboradores, desenvolvendo-se junto das pessoas.

Gostou deste post? Então, entre em contato para conhecer nossos serviços. Teremos prazer em atendê-lo!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap