Regras para financiamento de imóvel: o que muda no programa Casa Verde e Amarela

O Governo Federal anunciou em outubro algumas mudanças nas regras para financiamento de imóvel pelo programa Casa Verde e Amarela. A novidade veio para facilitar ainda mais o acesso das famílias brasileiras ao financiamento da casa própria.

Se a renda da sua família é de até R$7 mil por mês, as mudanças nas regras para financiamento de imóvel pelo programa podem te interessar. 

Entre as principais novidades estão a inclusão de mais imóveis na categoria de habitação popular e parcerias com estados e municípios para reduzir o valor de entrada da casa própria. Continue a leitura para entender essas e outras mudanças!

O que é o programa Casa Verde e Amarela?

Antes de abordarmos quais foram as principais mudanças nas regras para financiamento de imóvel pelo programa Casa Verde e Amarela, primeiro vamos entender exatamente do que se trata a iniciativa.

​Casa Verde e Amarela é um programa do Governo Federal que nasceu em 2019 para substituir o Minha Casa, Minha Vida. 

A iniciativa continua o principal objetivo do programa anterior, que é promover o acesso à casa própria – seja ela nova, usada ou na planta – a famílias residentes em áreas urbanas, com renda mensal de até R$7 mil. 

Principais vantagens do Casa Verde e Amarela

A principal vantagem do programa é que ele possui condições mais vantajosas de financiamento imobiliário, ampliando o acesso à casa própria no país. Apenas este ano, já foram concedidas mais de 284,5 mil moradias pelo programa.

Além disso, as regras para financiamento de imóvel do Casa Verde e Amarela autorizam o pagamento das parcelas por até 30 anos, com taxas reduzidas de juros e subsídios que variam para cada renda, valor e localização do imóvel.

Novas regras para financiamento de imóvel

Conforme citamos, a Caixa anunciou algumas mudanças nas regras para financiamento de imóvel pelo programa da Casa Verde e Amarela, o que tornou o processo ainda mais vantajoso para as famílias brasileiras.

A principal delas foi o aumento do teto de financiamento, passando de R$135 mil a R$264 mil. Ou seja, houve uma ampliação da categoria de imóveis considerados de habitação popular.

Contudo, a nova regra varia de acordo com a região e o tamanho da população. Em municípios com 50 mil a 100 mil habitantes, o aumento do limite será de 15%. 

Cidades com 20 mil e 50 mil habitantes, 10%. Já os municípios com população menor que 20 mil habitantes, não houve alteração. As demais cidades – incluindo as capitais e regiões metropolitanas – terão aumento de 10%.

Redução de juros

Outra mudança nas regras para financiamento de imóvel pelo programa foi a queda na taxa de juros

Agora, as famílias com renda de até R$2 mil das regiões Norte e Nordeste pagam 4,75% de juros ao ano pelo financiamento, enquanto as das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste arcam com 5%. 

A taxa de juros das operações para famílias com renda mensal bruta entre R$4 mil a R$7 mil será de 7,66% ao ano até 31 de dezembro de 2022.

Redução no valor da entrada

Uma das maiores dificuldades das famílias brasileiras de baixa renda é possuir o valor de entrada de um imóvel. 

Pensando nisso, o programa Casa Verde e Amarela agora terá a modalidade Parcerias, na qual estados e municípios devem garantir contrapartida mínima de 20% do valor do imóvel, o que reduz o valor total do imóvel a ser financiado.

Consulte especialistas

Se quer saber mais sobre essa e outras condições de financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal (CEF), consulte especialistas. Esse é o melhor caminho para ter um financiamento de sucesso e sem passar apuros.

E você não precisa pagar nada por essa ajuda. Somos uma plataforma digital que oferece assessoria gratuita durante todo o seu processo de financiamento imobiliário, ajudando a descobrir exatamente qual o melhor financiamento imobiliário para você e sua família.

Oferecemos, ainda, o serviço de simulação para que você saiba exatamente como serão as parcelas do seu financiamento ao longo dos anos. Você não precisa mais ir de banco em banco buscando as melhores taxas e condições, existem empresas como a Credihome que fazem isso por você!

Com o apoio de especialistas, fica mais fácil de entender quais são as novas regras para financiamento de imóvel do programa Casa Verde e Amarela, assim como de outras modalidades de financiamento disponíveis no mercado.

Se esse post te ajudou, não deixe de conferir outros conteúdos que publicamos por aqui:

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap