Refin e Pefin: entenda as principais diferenças!

Refin e Pefin são dívidas vencidas e não pagas, ligadas ao cadastro de pessoa física (CPF) ou cadastro nacional de pessoa jurídica (CNPJ) das pessoas consultadas. Entender essas siglas é importante para quem deseja conhecer o cenário financeiro.

Entretanto, apesar da semelhança, ao estarem relacionadas com débitos, ambas são diferentes. Por essa razão, é preciso compreendê-las para distingui-las. Pensando em auxiliá-lo, fizemos este post a fim de esclarecer o que é o Refin e Pefin. Fique conosco e saiba mais!

O que é Refin?

O Refin destina-se ao banco de dados sobre pessoas físicas e jurídicas atribuído de modo exclusivo às instituições financeiras, como bancos. Como privilegia o débito, o Refin cuida das dívidas de empréstimos, cheque especial ou cartões de crédito, entre outras.

Ressalta-se que todas as contas referentes aos bancos vão estar listadas, desde que vencidas e não quitadas. Tais informações são fornecidas por empresas parceiras e que participam do convênio Refin.

Essa função de manter um banco de informações é exercida no Brasil por serviços como o Serasa Experian, mais conhecido pelos devedores.

O que é Pefin?

Já o Pefin apresenta informações sobre as demais dívidas das pessoas, físicas ou jurídicas, quando não pagas. Esses dados são disponibilizados por empresas conveniadas ao Pefin, podendo ser de diversos segmentos da economia, como serviços, indústria, varejo, comércio, entre outros.

O Pefin exibe os dados sobre os débitos, de forma atualizada, e orienta os devedores sobre as formas de pagamento. Além disso, pode oferecer descontos, tendo como base o valor do boleto, a fim de tornar todos adimplentes.

Um dos serviços de Pefin mais comuns entre os devedores é o de proteção ao crédito (SPC), ligado às dívidas relacionadas ao comércio. O SPC é responsável por uma carta de comunicação, com o prazo para pagamento, sob pena de negativação.

Essa é uma comodidade para os endividados, que não precisam localizar suas dívidas e podem negociá-las.

Quais as vantagens dos serviços do Refin e Pefin para o consumidor, empresas e instituições financeiras?

É fato que os serviços Refin e Pefin melhoram o processo de cobrança de dívidas, assim como contribuem para otimizar a relação entre consumidores e empresas, evitando aborrecimentos e burocracias. Esses serviços apresentam algumas vantagens, as quais vão ser analisadas a seguir!

Redução da burocracia

No conceito popular, a burocracia significa que um processo passa por inúmeros trâmites, procedimentos, obrigações e regras até a sua concretização. Na cobrança de dívidas não é diferente.

Por vezes, conseguir cobrar as dívidas é difícil, por ser custoso, a ponto de se tornar mais caro que o valor cobrado. Se já é difícil para empresas, imagina para o consumidor? Eles têm dificuldade de encontrar a dívida para fazer o pagamento, impedindo o recebimento da quantia.

Por isso, o Refin e Pefin permitem a inclusão da dívida com a cobrança por apenas um valor único e mais em conta. Por sua vez, o consumidor encontra sua dívida em um lugar só.

Agilidade na averiguação de pendências

Cobrar uma dívida pode se tornar impossível, devido à exigência de uma enorme documentação para saber se há alguma dúvida sobre o valor do crédito.

O Refin e Pefin agilizam a averiguação de pendências, para saber se há discordância em relação ao valor pelo consumidor, facilitando as formas de pagamento da dívida e sendo um serviço mais seguro para empresas e clientes.

Mais credibilidade e segurança para os processos

Os serviços do Refin e Pefin transmitem mais credibilidade, por ser mais prático. Eles conseguem localizar o cadastro do cliente devedor, para entrar em contato e realizar uma negociação.

Desse modo, a cobrança é feita pelo próprio sistema, sendo mais precisa, simples e segura, em especial por ter maior abrangência, por atingir muitos clientes. Também, quem optar por esses serviços têm respaldo jurídico para cobrar os débitos.

Facilidade na recuperação de crédito

Por fim, ressalta-se que empresas que investem no Refin e Pefin conseguem recuperar cerca de 50% das dívidas não pagas. Isso porque os serviços são prestados de forma inteligente e precisa, obtendo a maior parte dos valores cobrados.

Quais as diferenças entre o Refin e Pefin?

A principal diferença está na natureza da dívida. O Pefin exerce o papel de prestar informações sobre débitos contraídos nos estabelecimentos de diversos segmentos da economia, como a indústria e o comércio.

Ainda, intermedeia o modo de pagamento para quitação. Por outro lado, o Refin encarrega-se somente dos débitos das instituições financeiras e bancos. Contudo, ambos negativam o nome do devedor, impedindo-o de realizar outras compras e contratações de serviços.

Cabe enfatizar que as figuras do Refin e Pefin não são iguais ao protesto, o qual é um ato formal que prova a inadimplência de uma dívida, facilitando sua cobrança. Dessa forma, um credor pode negativar e protestar o nome do devedor.

Quais as diferenças para o protesto de títulos em cartório?

O protesto é um processo realizado em cartório, com o objetivo de registrar a dívida de uma pessoa, física ou jurídica. Assim, é possível cobrar o débito e se proteger legalmente.

O débito deve constar em um título, o qual precisa ser avaliado detalhadamente, verificando se há elementos necessários para um protesto, como a devida assinatura e preenchimento correto. Estando tudo correto, pode-se solicitar o protesto do título.

Todavia, os custos e burocracia são enormes, em comparação ao Refin e Pefin. Os valores cobrados pelos cartórios variam de acordo com o valor da dívida cobrada, cidade e região de sua localização, enquanto o Refin e Pefin têm um valor fixo.

Como se beneficiar do cadastro positivo de pessoas físicas?

O cadastro positivo é a reunião de dados que comprovam que uma pessoa está adimplente com suas contas. Esse tipo de registro mostra se uma pessoa vem pagando em dia seus débitos, mês a mês, proporcionando um bom histórico.

Logo, tem-se uma análise mais justa sobre histórico e hábitos de pagamento, a fim de conseguir melhores condições para negociar com bancos e instituições financeiras, assim como ter mais facilidade na aprovação de crédito, quando necessário.

Diante disso, ressalta-se que o Refin e Pefin são mecanismos para demonstrar se uma pessoa pode ser considerada ou não boa pagadora. Aqueles que decidirem “limpar” seu nome e acabar com as restrições nele necessitam pagar todos os débitos. Portanto, vão se dirigir ao estabelecimento a que deve, quitar o débito e aguardar que o credor exclua o nome, no prazo de 5 dias, dando-lhes uma certidão de quitação da dívida.

Perguntas frequentes sobre Refin e Pefin

Qual a diferença entre pefin e Refin

PEFIN envolve a inclusão e consulta a informações sobre dívidas que pessoas físicas ou jurídicas possam ter em diferentes setores da economia, enquanto que o REFIN está relacionado a débitos com bancos e outras instituições financeiras.

O que é uma pendência Refin?

REFIN apresenta dívidas vencidas e não pagas referentes ao CPF/CNPJ consultado e que são fornecidas pelas empresas participantes do convênio REFIN (bancos e financeiras).

O que é uma pendência pefin?

PEFIN apresenta dívidas vencidas e não pagas referentes ao CPF/CNPJ consultado e quesão fornecidas pelas empresas participantes do convênio PEFIN, de diversos segmentos da economia (varejo, indústria, serviços, etc).

Qual é a diferença entre Pefin e Protesto

A principal diferença entre o Protesto e Pefin e Refin, é que as duas últimas trabalham de forma extrajudicial, já o Protesto possui um caráter formal, judicial, considerando se tratar de um procedimento que ganha vida após a execução em cartório e envolve custos burocráticos grandes.

Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos pelas redes sociais!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap