Tabela SAC e Price: entenda o que são e suas diferenças!

Você quer comprar um imóvel e planeja fazer um financiamento imobiliário? Antes de tudo, é importante que você compreenda as diferenças entre tabela SAC e Price. De um modo geral, essas são duas formas de pagar pelo crédito solicitado ao banco e impactam de maneiras diferentes nas prestações.

Antes de assinar o contrato, é fundamental ter bem clara a diferença entre a tabela SAC e Price. Afinal, elas farão parte de todo o período de pagamento. Para te ajudar com isso, explicaremos mais sobre as duas e as vantagens e desvantagens de cada uma. Confira!

Tabela SAC e Price: o que significam?

Em primeiro lugar, é preciso entender o significado desses dois termos. Tabela Price (ou Sistema Francês) é o nome dado ao método usado para calcular a maneira de parcelar um crédito, como o financiamento imobiliário.

Nesse caso, o valor das parcelas é o mesmo do início ao fim do período de pagamento. Já SAC é a sigla para Sistema de Amortização Constante, em que, de modo geral, o valor das prestações diminui conforme o tempo.

Além de serem diferentes com relação às parcelas, os dois métodos também incidem de maneira específica no saldo devedor, sendo que, na tabela Price, a redução ocorre de forma mais lenta, enquanto na SAC isso acontece mais rapidamente. 

Outro informação importante é que, ao final do prazo, os juros da tabela Price são maiores em comparação aos da SAC.

Como funciona a amortização na Tabela SAC e Price?

A amortização é o quanto se paga da dívida feita com o banco ou a instituição financeira, independentemente dos juros. Como o próprio nome já diz, na SAC, conforme forem feitos os pagamentos da parcela, o desconto da dívida se dará de forma constante.

Assim, se sua dívida é de R$ 100.000,00, e o pagamento é programado para ser feito em 10 meses, a cada mês é amortizado 10% (R$ 10.000,00), até chegar a R$ 0 de saldo devedor

Por outro lado, no sistema Price, os valores das parcelas são constantes. Dessa forma, a variação incide em relação à amortização da dívida em cada período. Ela apresenta um desconto um pouco menor no começo do intervalo de pagamento, mas vai aumentando conforme o passar do tempo.

Como funciona o valor das parcelas na tabela SAC e Price?

Além da amortização, uma das principais diferenças entre a Tabela SAC e Price é em relação ao valor das parcelas pagas. Na Price, o valor da parcela é o mesmo ao longo de todo o tempo. Ou seja, a primeira parcela e todas as outras têm o mesmo valor.

Nesse método, os juros de todo o período já são calculados a fim de fazer o preço da parcela ser constante durante o tempo de pagamento.

Entretanto, na SAC, como visto antes, a amortização da dívida é constante, sem levar em conta os juros atrelados. Consequentemente, as primeiras parcelas têm um peso maior, que vai diminuindo ao longo do período de pagamento. 

Como funciona o saldo devedor na tabela SAC e na tabela Price?

O saldo devedor nada mais é do que o valor que ainda falta para quitar a dívida depois de cada pagamento da parcela. Por ter uma amortização constante ao longo do período de pagamento, esse saldo devedor vai diminuindo de forma linear na SAC. 

No exemplo que demos anteriormente, se são abatidos R$ 10.000,00 por mês, então, o saldo diminui exatamente essa quantia a cada pagamento.

No sistema Price, de amortização variável e com o valor das parcelas constantes, o saldo devedor é afetado de forma um pouco diferente do que na tabela SAC. De fato, ele sempre será maior quando comparado com o mesmo período da SAC. Mas, na última etapa, em que todas as variáveis são iguais — valor do financiamento, taxa de juros e prazo —, a Price se iguala à tabela SAC, tendo toda a dívida amortizada.

Tabela SAC e Price: qual é a melhor opção?

Depois de toda a leitura, provavelmente você está se perguntando qual a melhor escolha entre Tabela SAC e Price. O que se deve ter em mente é que cada método será melhor dependendo da situação financeira do tomador de crédito.

Um exemplo é o fato de ser esperado que o indivíduo não tenha um aumento de renda considerável ao longo do tempo. Nesse caso, é melhor o sistema SAC, uma vez que a amortização é constante. Ao longo do tempo, portanto, vai diminuindo o valor real dessas prestações.

Por outro lado, mesmo que a tabela SAC tenha parcelas maiores, a amortização é maior. Assim, quanto menor for o saldo devedor, menor será a incidência de juros. Por isso, não existe resposta correta para essa pergunta. Afinal, cada método tem suas próprias vantagens e desvantagens, conforme veremos a seguir.

Vantagens e desvantagens da tabela Price

A seguir, confira 3 vantagens da tabela Price:

1. O pagamento das parcelas é menor no começo do período. Assim, o tomador de crédito pode usar essa diferença para investir o dinheiro e receber um retorno sobre ele;

2. Como a taxa é fixa, as oscilações econômicas – como alta de juros, recessão e outras questões – afetam menos a parcela;

3. Geralmente, é possível oferecer prazos maiores para o pagamento do financiamento, o que é perfeito para quem não tem muito dinheiro guardado para comprar a casa própria.

Abaixo, você verá 3 desvantagens da tabela Price:

1. Mesmo que as parcelas sejam fixas, o prazo mais longo pode apresentar riscos para o comprador, que pode não ter o valor para finalizar o pagamento;

2. Como o saldo devedor é abatido de forma mais lenta, demora um pouco mais para efetuar a amortização;

3. Geralmente, o sistema Price é indicado para financiamentos de automóveis e para quem tem uma fonte de renda mais estável.

Vantagens e desvantagens da tabela SAC

Veja, a seguir, 3 vantagens da tabela SAC:

1. O valor das parcelas é decrescente, ou seja, conforme o tempo passa, você paga menos a cada mês;

2. Em geral, os bancos tendem a preferir a metodologia SAC sobre a Price;

3. Os juros são menores se for considerado o período todo, visto que a amortização da dívida é maior.

Abaixo, confira 3 desvantagens da tabela SAC:

1. Os juros e a amortização podem sofrer algumas variações, especialmente por conta das mudanças no mercado;

2. Embora possa ser difícil acontecer, existe a possibilidade de o valor da próxima parcela ser maior do que o da anterior;

3. Para arcar com as altas parcelas no início, a SAC é indicada para quem tem uma renda maior.

O que mais considerar sobre Tabela SAC e Price?

De um modo geral, as instituições financeiras preferem a tabela SAC à Price. Isso porque um pagamento maior da dívida no início do período, como ocorre no sistema SAC, gera um maior fluxo de caixa para o próprio banco realizar suas operações e investir esse dinheiro em aplicações de maior rendimento.

Lembre-se de que o crédito imobiliário é uma das taxas mais baratas do mercado, o que não traz um rendimento tão grande para a instituição financeira. Ele é usado mais para gerar uma relação de fidelidade com o cliente, uma vez que os prazos são longos e há oportunidades de oferta de outros produtos financeiros.

Logo, muitas instituições tendem a cobrar taxas menores para SAC a fim de incentivar seu uso.

Entretanto, considere que a escolha entre a tabela SAC e Price demanda uma boa pesquisa de sua parte. A SAC tem um efeito psicológico no comprador, que tem a sensação de que quitará o financiamento mais rapidamente. 

Mas, sem dúvidas, o contrato para a aquisição de um imóvel pode durar entre 15 e 30 anos, independentemente do tipo de sistema utilizado para o cálculo das parcelas, dos juros e do saldo devedor.

Dúvidas frequentes sobre a tabela SAC e Price

Como calcular a amortização SAC?

Para encontrar o valor da amortização de acordo com a tabela SAC basta dividir a dívida pelo número de parcelas. Para encontrar o valor da amortização de uma dívida de R$300.000 que será paga em 360 prestações basta dividir R$300.000 / 360. O valor da amortização será de R$833,33.

Como funciona a tabela SAC?

A tabela SAC é um sistema de amortização que funciona de forma constante.

O valor da amortização nas parcelas mensais de financiamento, se mantém igual ao longo de todo o pagamento, o que se altera é o valor mensal dos juros, que decresce até o fim da dívida.

Qual a diferença entre tabela SAC e Price?

Uma grande diferença entre o sistema SAC e a tabela Price é em relação ao valor da parcela. No sistema Price, o valor da parcela é constante durante todo o período do financiamento, enquanto que no sistema SAC, as parcelas começam mais caras e reduzem até o final do financiamento.

Esperamos que você tenha aprendido um pouco mais sobre o funcionamento do mercado de crédito imobiliário e, com isso, consiga optar entre a tabela SAC e Price. Se ainda ficou com alguma dúvida, temos um time de assessores especialistas no assunto que podem te ajudar a fazer a melhor escolha. 

Se esse post te ajudou, não deixe de conferir outros conteúdos que publicamos por aqui:

2 comentários sobre “Tabela SAC e Price: entenda o que são e suas diferenças!

  1. No item “Entre Price x SAC, qual é a melhor opção?” foi informado PRICE no lugar de SAC onde diz: “sistema Price, uma vez que a amortização é constante”. Sugiro a correção.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap