Ter o nome limpo recentemente atrapalha no financiamento de imóvel?

Uma dúvida comum de quem vai fazer uma análise de crédito é se o nome limpo recentemente atrapalha no financiamento de imóvel. Como esse é um momento muito importante, é fundamental esclarecer todas as dúvidas sobre esse contrato.

Quando alguém está devendo uma conta, pode ser inscrito em cadastros de inadimplente, como o SPC e Serasa, que são utilizados para a análise de crédito pelas instituições financeiras. Porém, mesmo quando já houve a baixa do nome no cadastro, ainda há reflexos para o comprador.

Quer saber como funciona esse Score de crédito e como as financiadoras o utilizam para a análise de crédito? Então, confira este texto!

Como funciona o Score de crédito?

Para saber se ter o nome limpo recentemente atrapalha no financiamento de imóvel, é preciso entender o “Score de crédito”, que é um sistema utilizado por vários cadastros de consumidores para traçar um perfil dos cidadãos e separá-los em dois grupos: o de risco de não pagamento de parcelas e o daqueles que sempre honraram com as suas obrigações.

Ele atribui uma pontuação para cada consumidor, que vai de 0 a 1.000, indicando qual é a chance daquele determinado perfil pagar as contas em dias em um intervalo de 12 meses.

Esses pontos são atribuídos considerando diversos fatores, como atrasos de pagamentos, quitação em dia de obrigações, quantidade de vezes que o nome já esteve inscrito em cadastros de crédito etc.

Assim, quanto mais alto é o Score de crédito, maiores são as chances de conseguir a aprovação do financiamento, tendo em vista que a instituição financeira terá mais segurança em liberar esse parcelamento, considerando a probabilidade de pagamento dessas obrigações.

Como as financiadoras analisam o crédito?

Outra questão importante sobre a aprovação de um financiamento é o funcionamento da análise de crédito por parte das instituições financeiras. Isso ajudará a fazer o planejamento e adotar estratégias para essa hora.

As financiadoras adotam várias atitudes para a análise. Primeiro ocorre uma avaliação de dados para verificar se o nome não está inscrito em algum cadastro de inadimplentes, qual é a idade de quem vai financiar, o perfil de consumo e outras informações importantes.

Depois, é analisada a renda mensal da família: o financiamento não pode comprometer mais do que 30% dos rendimentos. Por isso, essa verificação tem o objetivo de simular as parcelas e ver se ele se enquadrará nas normas sobre o assunto.

Também pode ser feita uma análise patrimonial, verificando os bens que a pessoa possui e as condições financeiras da família. Aqui é preciso comprovar documentalmente a renda, utilizando comprovantes de imposto de renda, holerites etc.

Como facilitar a aprovação do financiamento?

É importante conhecer algumas dicas para facilitar a aprovação do financiamento. A primeira delas é abrir uma conta no banco em que você pretende financiar o imóvel. É comum que as instituições financeiras ofereçam condições facilitadas para quem já é cliente.

Também separe todos os comprovantes de renda com antecedência. Isso serve para todos os membros da família que possuem rendimentos. Mesmo sendo autônomo, é possível separar recibos, contratos de prestação de serviço, declaração de imposto de renda e outros papéis que ajudarão nessa hora.

Além de saber se o nome limpo recentemente atrapalha no financiamento de imóvel, não se esqueça de contar com uma empresa especializada em análise e condução de linhas de crédito, como a CrediHome, que poderá oferecer as melhores opções do mercado imobiliário.

Conseguiu entender melhor como funciona a análise de crédito e como o nome sujo pode influenciar? Se você precisa de ajuda, não deixe de falar conosco para que possamos auxiliá-lo!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap