4 tecnologias para gerenciar contratos de venda de imóveis

A perda de informações ou a dificuldade de controlá-las são situações comuns entre os corretores imobiliários, em especial quando há o acúmulo de contratos de venda de imóveis. Eles são feitos para resguardar os direitos do vendedor e comprador, na hora de negociar um imóvel.

Antes de assinar um contrato, é preciso analisar se os dados e demais detalhes estão corretamente delineados no documento, a fim de evitar erros e dúvidas. Como apresentam todas as informações necessárias para o bom andamento, é primordial gerenciar contratos.

Para isso, com o intuito de facilitar a organização dos contratos de venda de imóveis, o corretor pode investir em tecnologias. Quer saber como? Leia o nosso post para entender mais!

A importância de gerenciar contratos de venda

Gerenciar contratos de venda é um modo de tornar viáveis o uso e o armazenamento desses documentos, com o objetivo de viabilizar e agilizar a sua utilização. Por isso, esse gerenciamento é tão importante. Veja, a seguir, outras razões!

Organizar diariamente

Quem gerencia seus contratos adota o melhor modo de organizar seus processos cotidianos e aumentar a sua produtividade, até porque esses documentos são indispensáveis no mercado imobiliário, já que todas as negociações são determinadas por meio deles.

Você precisa ter controle dos contratos de venda, por meio de um sistema inteligente, que otimize o controle de comissões — as que serão pagas e recebidas —, melhorando também a organização financeira da empresa.

Ainda, essa organização simplifica a vida das imobiliárias, pois mantém os contratos devidamente registrados, o que auxilia na declaração de inocorrência, feita todo ano.

Formalizar as negociações

Administrar os contratos de venda permite que as negociações fiquem registradas, impedindo sustos futuros. Dessa forma, ao gerenciarem os contratos, corretores e compradores ficam cientes dos prazos de pagamento e de vigência, da entrega do imóvel, dentre outras cláusulas.

Ao ter as negociações formalizadas, cada parte sabe o que esperar e o que cobrar da outra, bem como o momento ideal. E essas informações podem ser facilmente acessadas quando os contratos estão guardados e organizados.

Manter documentos atualizados

O gerenciamento de contratos auxilia na manutenção de documentos atualizados. Isso porque um sistema pode avisar qual o momento correto de reanalisar os contratos e atualizá-los para manter a documentação regulamentada.

Além disso, os documentos permitem acompanhar se os impostos referentes ao imóvel estão em dia para apresentá-los aos possíveis compradores, dando maior segurança nas conversas de venda.

Verificar os prazos e as obrigações

Gerenciar contratos de venda é importante para ter um conhecimento prévio de cada negociação, já que serão estabelecidos prazos para pagamento e entrega da propriedade aos novos moradores.

Ainda, as obrigações podem ser conhecidas, e seu cumprimento pode ser acompanhado pelo profissional imobiliário, quando há organização. Ela é capaz de não lhe fazer perder o momento de cumprir cada uma.

Os aplicativos e outras tecnologias para gerenciar contratos de venda

Saber como gerenciar contratos de venda não é uma tarefa fácil, então, recomendamos o uso de aplicativos e de outras tecnologias na sua organização do dia a dia. A seguir, listaremos alguns softwares que podem ser usados por corretores e imobiliárias!

1. Universal Software

É uma das primeiras empresas de tecnologia que se destacaram no mercado imobiliário por conseguir realizar a gestão comercial, financeira, de imóveis e dos contratos de venda, por meio do controle das comissões de cada profissional imobiliário.

O programa realiza pré-atendimentos e outras atividades, otimizando as tarefas das imobiliárias tradicionais. Não obstante, ressalta-se que o Universal Software tem dois produtos, chamados de Imoview CRM e de Imoview Adm.

A administração de contratos é feita pelo produto Imoview Adm, o qual também automatiza certos procedimentos, emite alertas, monitora encargos nos contratos e analisa as reclamações.

2. Evernote

O aplicativo Evernote é conhecido por ser um programa usado para anotações, notas de reuniões, projetos e listas de tarefas, possibilitando que as informações sejam encontradas de modo rápido.

No entanto, os corretores podem utilizá-lo para gerenciar seus contratos de venda, visto que a tecnologia conta com a opção de salvar o documento online. Após salvá-lo, é possível fazer anotações sobre ele na mesma página, considerando prazos e obrigações que devem ser enfatizadas e lembradas.

Dessa forma, você não vai perder o controle das suas negociações e vai poder consultar os dados de onde estiver, por meio do seu celular, já que o aplicativo é compatível com iOS e Android.

3. Armazenamento na nuvem

Quem vende imóveis passa a maior parte do seu tempo na rua, em diligências e visitas de imóveis. Logo, não tem tempo de ir à imobiliária com constância para acessar alguma informação sobre a negociação, sobre o cliente e sobre a própria imobiliária.

Com o fim de acabar com essa dificuldade, corretores e imobiliárias podem adotar o armazenamento na nuvem, quando todos os documentos, inclusive os contratos de venda, são salvos em um servidor online, totalmente digital. Mesmo estando na internet, pode haver sigilo, bem como podem ser editados, compartilhados e excluídos a qualquer tempo.

Grandes empresas têm investido no desenvolvimento dessa tecnologia, criando tecnologias de armazenamento digital gratuitas. Os programas mais conhecidos são:

  • Google Drive, da Google;
  • Dropbox;
  • OneDrive, da Microsoft;
  • Cloud Drive, da Amazon;
  • iCloud, da Apple;
  • ERP Imobiliário.

Eles podem ser acessados a qualquer momento e em qualquer dispositivo com internet, trazendo ganho à eficiência em vários processos e atividades diárias do corretor.

4. Relatórios gerenciais completos

Uma tecnologia que pode melhorar o gerenciamento de contratos de venda está relacionada à possibilidade de constituir relatórios gerenciais completos, gerados por um software imobiliário.

Ele organiza todas as informações incluídas no sistema, referentes aos contratos, e cria um relatório, tendo como referência o mês de consulta, o proprietário ou o cliente, comprovando que todas as ações, dentro do sistema, podem ser controladas.

Algumas plataformas investiram nesse tipo de software, dentre elas: Sistema Supremo, GestãoClick e Group Software. Todos colaboram para o controle de informações e de setores da atividade imobiliária.

Portanto, é evidente que gerenciar contratos é a melhor maneira de lidar com um grande volume de contratos de venda. Por mais que a organização dos dados em uma planilha seja uma boa opção, há grande probabilidade de que você se perca nesse método de controle. Nesse caso, aconselha-se a utilização de tecnologias, que podem melhorar a sua produtividade ou a de sua equipe, que pode usar o tempo que gastaria com o gerenciamento de contratos em outras tarefas.

Gostou das nossas informações? Então, curta a nossa página no Facebook e acompanhe os posts!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap