Empréstimo para abrir empresa: qual a melhor opção?

Uma das principais dificuldades de quem está começando um negócio é a falta de recursos para iniciar a nova empreitada e tirar os planos do papel. Para muitos, o empréstimo acaba sendo a melhor solução. No entanto, ao iniciar as buscas sobre os diferentes tipos de empréstimo para abrir empresa, muitos empreendedores ficam em dúvida sobre qual se enquadra melhor no seu planejamento.

Antes de optar por um empréstimo, o empreendedor deve estar bem informado sobre quais as opções disponíveis, assim como os pré-requisitos para obter o crédito. 

Quer saber como avaliar qual deles é o mais adequado para o seu negócio? Vamos primeiro entender melhor o que é e como funciona o empréstimo para abrir empresa. Confira!

O que é um empréstimo?

Empréstimo é um crédito concedido a pessoas físicas ou jurídicas por diferentes instituições financeiras, assim como organizações que atuam no mercado neste segmento. 

Para quem está começando, em especial pequenos empresários que não têm o capital necessário para dar os primeiros passos, o empréstimo acaba sendo a melhor opção, já que é uma verba imediata e viabiliza o início dos negócios. 

Ao pedir um empréstimo, você receberá a quantia acordada em dinheiro. Esse capital deve ser devolvido à instituição contratada em parcelas, durante um prazo determinado e com juros.

Quais são os tipos de empréstimo para empresa?

Existem diversas opções no mercado de empréstimo para abrir empresa. No geral, as linhas de crédito são muito vantajosas para pequenas e microempresas, já que as instituições financeiras costumam conceder algumas possibilidades a mais. 

Entre as opções disponíveis, existem algumas que se destacam: empréstimo com garantia de imóvel – o home equity -, empréstimo a partir do capital de giro e microcrédito. Todas essas modalidades oferecem juros menores em relação a outros tipos de empréstimo e melhores condições de pagamento.

O processo de solicitação de empréstimo para empresa varia de acordo com a instituição financeira. No entanto, os requisitos costumam ser os mesmos: ter entre 18 e 79 anos; residir no Brasil ou ser brasileiro; apresentar CPF e RG; apresentar comprovante de renda e de residência; não possuir restrições de crédito e ter bom histórico de pagamento.

A seguir, vamos detalhar os tipos principais de empréstimo para abrir empresa, assim você poderá ter mais clareza sobre qual tipo se enquadra melhor no seu planejamento. 

Empréstimo com garantia de imóvel

O empréstimo com garantia de imóvel, também chamado de home equity, é uma das possibilidades de empréstimo com garantia. Por ser mais comum em países da Europa e nos Estados Unidos, o termo em inglês acabou sendo adotado também no Brasil. 

Nessa modalidade, o empreendedor apresenta um imóvel quitado e em seu nome à instituição financeira para assegurar o pagamento das parcelas do empréstimo para abrir empresa. 

Com o home equity, é possível conseguir dinheiro com taxas de juros muito mais baixas que outras modalidades de crédito. Além disso, como o empreendedor oferece uma garantia de pagamento, as chances de inadimplência diminuem bastante. 

Outro benefício do home equity é a possibilidade de usar o empréstimo para qualquer finalidade. Essa modalidade também pode ser contratada por pessoa física ou jurídica, desde que tenha um imóvel quitado no nome ou razão social.

Com a Credihome, você tem as melhores condições para um home equity de sucesso. Faça aqui uma simulação de crédito com garantia imobiliária!

Crédito para capital de giro

O crédito para capital de giro também é uma modalidade em que o empreendedor não precisa apresentar a finalidade do empréstimo no momento da solicitação. Além disso, esse tipo possibilita o empresário optar pelo pagamento bimestral, semestral ou integral após o fim do contrato. 

Contudo, a modalidade do crédito para capital de giro costuma ser recomendada para quem tem demandas de curto prazo, já que o prazo de parcelamento médio é de até 12 meses.

Microcrédito

O microcrédito é outra opção vantajosa de empréstimo para abrir empresa, em especial para microempreendedores. Por meio do microcrédito, é possível receber até R$ 20 mil para abrir ou ampliar os negócios.

Por conta disso, a modalidade é voltada especialmente para microempreendedores individuais (MEIs), pessoas jurídicas e empreendedores que não têm fácil acesso a empréstimos ou créditos convencionais. 

A modalidade possui diversas vantagens, como taxas de juros reduzidas, isenção de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e facilidade de aprovação. 

Não se esqueça do planejamento

Para ter estabilidade e sucesso no empréstimo que você escolher, é necessário ter um bom planejamento financeiro, que inclui uma análise detalhada de quanto dinheiro será necessário para tirar os planos do papel. 

A partir disso, você terá uma noção melhor de quanto cada parcela, com todas as suas taxas e prazo de pagamento, vai pesar no caixa da empresa. Outra dica importante é pesquisar com profundidade cada tipo de empréstimo e fazer simulações. 

Com o planejamento adequado e uma boa escolha de empréstimo, a sua nova empresa vai conseguir chegar muito mais longe. 

Gostou desse post? Então você também pode gostar desses:

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Close Bitnami banner
Bitnami