Tudo o que você precisa saber sobre crédito associativo

O crédito associativo é uma das modalidades de financiamento imobiliário disponíveis para quem está atrás do sonho da casa própria. Uma das principais características desse tipo de crédito é que ele é voltado apenas para imóveis residenciais na planta.

Dessa forma, um dos principais objetivos do crédito associativo é incentivar a compra de imóveis em construção e, com isso, auxiliar as construtoras na entrega das obras. Outra característica da modalidade é que ela é cedida apenas por bancos públicos, ou seja, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Além disso, o crédito associativo é adotado unicamente em empreendimentos ligados a programas sociais de habitação, como o antigo Minha Casa Minha Vida, rebatizado de Casa Verde e Amarela. 

Quer saber mais sobre o que é crédito associativo e suas vantagens? Acompanhe a leitura a seguir!

Como funciona o crédito associativo? 

Conforme citamos, o crédito associativo é uma modalidade de financiamento imobiliário voltada apenas para imóveis na planta. O crédito é concedido por bancos públicos a um grupo de compradores da mesma unidade do empreendimento.

Ou seja, esse é um tipo de crédito que é concedido apenas quando um número determinado de pessoas já sinalizaram o desejo de comprar unidades de um determinado imóvel. 

Por isso, normalmente é necessário a figura de uma entidade organizadora, que vai administrar a venda dos imóveis e o vínculo com a instituição financeira responsável pelo financiamento.

No crédito associativo, portanto, os contratos de financiamento imobiliário são assinados antes da finalização da obra. O dinheiro do banco, no entanto, é liberado em fases para a construtora.

O que os bancos avaliam na hora de conceder o crédito?

Nesse tipo de financiamento imobiliário, o banco só assina o contrato para conceder o crédito quando a empresa responsável pela venda dos imóveis na planta alcança um número mínimo de compradores.

Antes de autorizar o crédito, os bancos analisam a viabilidade do empreendimento e o cronograma de obras. Concluída essa etapa, autorizam a liberação do valor de forma parcelada. 

Os bancos também realizam o acompanhamento das obras, para verificar se o crédito associativo está sendo bem aplicado na construção. Questões ligadas a qualidade e prazo de entrega, no entanto, permanecem sob responsabilidade das construtoras. 

Em relação aos compradores, a avaliação realizada pelos bancos antes de conceder o crédito associativo é similar aos demais tipos de financiamento: renda familiar e histórico de pagamento. Por isso, faça um bom planejamento financeiro e esteja sempre atento ao seu score de crédito antes de pedir o financiamento imobiliário.

Cuidados antes de comprar um imóvel na planta

Se você está pensando em comprar um imóvel na planta com o crédito associativo, alguns cuidados são necessários. O primeiro ponto que você deve se atentar é se o prazo das obras está de acordo com as suas expectativas. Tenha em mente que as obras podem atrasar, adiando um pouco mais a sua data de mudança. 

Outro fator que você deve ficar atento é em relação à documentação do imóvel. Tire todas as suas dúvidas com a construtora antes da assinatura do contrato, assim você terá domínio sobre os seus direitos e poderá cobrá-los caso algo dê errado.

Por isso, nossa última dica para quem está planejando comprar um imóvel na planta é contratar o crédito associativo junto a instituições de confiança. E isso vale tanto para o banco quanto para a construtora.

Faça uma boa pesquisa na internet sobre a empresa responsável pelo empreendimento e se atente às avaliações sobre os serviços prestados.

Quais são as vantagens do crédito associativo?

Agora que você já sabe o que é crédito associativo, deve estar se perguntando se esse tipo de financiamento imobiliário vale a pena. Os benefícios de contratar um financiamento coletivo são muitos, mas se destaca a maior economia e facilidades em relação a outros tipos de crédito.

Essa maior economia ocorre por conta de diversos fatores. O principal deles é que, quanto mais pessoas estiverem interessadas no projeto, mais barato é o valor do imóvel na planta. 

As construtoras costumam cobrar um valor abaixo do mercado pelo imóvel principalmente pelo fato de que precisam atrair rapidamente um número mínimo de compradores. Afinal, só assim elas conseguem dar entrada no crédito associativo e, com isso, custear as obras do empreendimento.

Além desse fator, o crédito associativo permite uma série de outras facilidades:

  • Possibilidade de utilização do FGTS para diminuir o valor total do imóvel;
  • Possibilidade de ingressar em programas habitacionais (Casa Verde e Amarela/Minha Casa, Minha Vida) que têm subsídios do governo, o que torna o financiamento mais barato;
  • Os juros são calculados de acordo com o valor disponibilizado pelo banco à construtora;
  • Custos com documentação e registro em cartório também podem ser financiados.

Além disso, o crédito associativo garante mais segurança ao comprador, já que os riscos da construtora abandonar a obra são menores, pois o banco disponibiliza todos os recursos necessários. 

Como vimos, o crédito associativo possui uma série de vantagens, tanto para o comprador quanto para a construtora. Além disso, você pode contar sempre com a assessoria da Credihome para te auxiliar no seu pedido de financiamento!

Se esse post te ajudou, não deixe de conferir outros conteúdos que publicamos por aqui:

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap