Confira aqui como fazer captação de imóveis de forma eficiente

A captação de imóveis é a única forma de exibir um portfólio variado de propriedades. Quanto maiores forem as possibilidades, maior a chance de negociação com clientes. Para isso, imobiliárias e corretores precisam prospectar imóveis.

Explorar o mercado imobiliário é uma tarefa difícil, porém, investir nele aumenta a qualidade e o potencial de vendas. Por essa razão, há corretores que se especializam apenas em captar propriedades, agindo desde a procura até a introdução do imóvel à carteira da imobiliária.

Diante dessa importância, é preciso analisar como realizar o processo de captação. Pensando nisso, escrevemos este post, apresentando ações eficientes. Fique conosco e saiba mais.

Entenda as necessidades dos seus clientes

A fim de escolher os imóveis ideais, é necessário conhecer o público-alvo, suas demandas e particularidades. Isso porque cada cliente tem necessidades e perfis diferentes. Entendê-los norteia todas as ações e estratégias de captação de imóveis.

Deve-se fazer o levantamento de informações sobre localidade, áreas comuns, estrutura do imóvel, quantidade de cômodos e benefícios da região. Desse modo, a imobiliária sabe em quais propriedades investir, sejam elas de luxo, sejam elas residências com preços mais acessíveis.

Ademais, cabe ressaltar que o então proprietário do local que se pretende adquirir também é considerado cliente. Ele compõe um público diferente, que precisa confiar no corretor e em sua capacidade de lidar com a documentação, confeccionar contratos e lidar com inquilinos, se pretende destinar seu imóvel para aluguel. Logo, o corretor deve convencê-lo dos benefícios de negociar a propriedade.

Assim, o segredo é realizar o marketing adequado, o qual aumenta as possibilidades de atrair uma maior quantidade de imóveis. Como resultado, consegue-se agradar facilmente quem pretende comprar ou alugar o imóvel perfeito.

Fique atento às tendências do mercado

Um profissional que visa a captar imóveis tem que conhecer o mercado imobiliário e econômico, além do valor e da quantidade de compras e vendas da região em que o imóvel está localizado. Somente assim, é possível saber se o investimento será bem-sucedido e mapear as boas oportunidades sobre propriedades, com todos os recursos que essas mantêm.

Recomenda-se que os corretores tenham rotinas capazes de permitir estudos, qualificações, notícias e atualizações sobre o mercado imobiliário, para demonstrarem confiança aos seus clientes e experiência sobre o mercado. Com essa preparação, tais profissionais avaliam e precificam melhor os imóveis, já que consideram o valor do metro quadrado, a região da localidade, a estrutura e diversos benefícios.

Além disso, entender o mercado proporciona antecipar-se à vontade dos clientes, com o objetivo de prestar um serviço de qualidade, respeitar sua vontade e traçar estratégias acertadas para a captação de imóveis.

Crie um mapeamento das melhores regiões

Mapear as regiões é essencial para vender ou alugar um imóvel, pois, quando o cliente procurar o corretor, esse terá todas as informações necessárias para atendê-lo.

O profissional deve saber tudo sobre a localidade, como serviços e comércios próximos, vias de acesso, rotas, opções de lazer e conservação de ruas e calçadas, bem como os itens que compõem as estruturas do bairro da propriedade. A ideia é que corretores e imobiliárias demonstrem atrativos da região.

Todas essas informações podem integrar a descrição dos imóveis no portfólio e serem usadas em e-books e campanhas educativas ou de marketing, promovidas pelas imobiliárias. Outra utilização importante dada ao mapeamento é integrada às técnicas de relacionamento com o cliente, enviando-lhe dados apenas de propriedades do seu interesse.

Faça parcerias

A captação de imóveis eficiente conta com o networking para o seu desenvolvimento. Como se pode observar, prospectar não consiste apenas em contatar o proprietário e convencê-lo de negociar, uma vez que isso é raro de acontecer.

Os contatos acontecem por meio de indicações, as quais podem ser aumentadas pelo relacionamento com profissionais de outras áreas, como arquitetos, engenheiros, decoradores, construtores, dentre outros. Uma indicação pesa muito no momento de negociar sobre imóveis.

Para aumentá-las, podem ser feitas parcerias, as quais recebem um valor por cada transação imobiliária acertada. Quem aceitar esse tipo de acordo vai melhorar sua captação e lucrar com a quantidade de bons negócios que serão realizados. Isso é muito comum entre corretores e imobiliárias que trabalham em cooperação.

Além disso, corretores devem se aliar a síndicos, porteiros e zeladores, que conhecem todos os moradores de um condomínio e podem informar sobre propriedades vazias, cujos proprietários desejam vender ou alugar.

Ainda, parcerias e aliados podem ser encontrados em uma caminhada pelos bairros e por meio de uma boa conversa com moradores e donos de comércios. Eles podem apontar pessoas que queiram se mudar e negociar o local em que estão morando.

Evidencia-se que todas as parcerias são baseadas na transparência, na confiança, no compromisso e na segurança, mantidas e acompanhadas por meio das redes sociais, como WhatsApp, Instagram e e-emails.

Procure empresas especializadas em crédito

Empresas especializadas em crédito tentam intermediar o contato de corretores ou imobiliárias com os clientes, apresentando linhas de crédito e financiamento. Então, qual a vantagem de procurar tais empresas?

Essas se relacionam com os clientes, entendendo suas vontades. Ademais, têm a possibilidade de negociar imóveis de forma direta com clientes e de prestar consultoria. É uma ótima ideia aliar-se a esse tipo de companhia, visando a captar as propriedades que estão sendo vendidas.

Utilize as tecnologias e mídias sociais

Como já dito, as redes sociais são importantes para manter as parcerias. No entanto, não é só elas que podem ajudar para captar propriedades. Há outras plataformas digitais que podem ser utilizadas. Por exemplo, tem-se os sites, ferramenta capaz de apresentar ao proprietário as vantagens de negociar seu imóvel e criar anúncios atrativos.

É interessante criar um campo para contato (com e-mail, WhatsApp e telefone), em que seja possível enviar fotos, vídeos e dados do local, como forma de relacionar com os clientes,.

Ainda, o corretor pode usar aplicativos de comunicação, do tipo Skype, Messenger e Hangouts, gratuitos e de fácil manuseio, bem como aqueles que permitem conhecer as regiões, por exibirem mapas completos e atualizados.

Preze pelo marketing pessoal

Ter uma boa imagem é primordial em qualquer situação. Na hora da captação de imóveis, não é diferente. Então, o corretor deve vestir-se bem, cuidar da higiene e ter atenção ao seu modo de conversar, evitando palavrões e gírias. Preze por cortesia e educação. Se possível, é adequado o profissional usar uniforme e crachá, caso trabalhe em imobiliárias.

Não obstante, os profissionais podem promover sua imagem pessoal por meio das mídias digitais e da distribuição de cartões de visitas. Essas são algumas formas de divulgação dos serviços e de ser encontrado por quem deseja vender ou alugar um imóvel.

Diante disso, é fato que a captação de imóveis permite o aumento da carteira de propriedades apresentadas aos clientes. Esses são diferentes e têm suas peculiaridades, as quais devem ser analisadas, já que todas as ações e estratégias da prospecção imobiliária são feitas baseadas em seus desejos. Por isso, os corretores precisam manter-se conectados com eles, em especial por redes sociais.

Gostou deste post? Se precisa de algum esclarecimento, entre em contato conosco. Teremos prazer em atendê-lo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap